Gestão Organizacional - 10 formas de sua empresa reduzir custos, sem reduzir nas pessoas

Gestão Organizacional - 10 formas de sua empresa reduzir custos, sem reduzir nas pessoas

Gestão Organizacional - 10 formas de sua empresa reduzir custos, sem reduzir nas pessoas

Todos sabem que a contenção de custos é importante em todos os ciclos economicos, pois dela depende a competitividade da empresa, o seu sucesso e, no limite, a sua sobrevivência. No atual cenário de crise generalizada esta redução de custos torna-se particularmente relevante para as empresas, pois essa situação limite poderá estar mais próxima que nunca. A dificuldade acrescida de endividamento também aumenta a necessidade de encontrar fundos dentro da empresa.
O mais difícil na tarefa de cortar custos é assegurar que se perde o acessório sem tocar no essencial – aquilo que faz a empresa competitiva hoje e o fará amanhã, aquilo que motiva o seu pessoal a exceder-se e os seus clientes a comprar. Deixo-lhe 10 sugestões:

  1. Corte no papel – é realmente necessário imprimir os e-mails ou outros documentos? Além do papel e da tinta, vai necessitar de pastas arquivadoras, separadores, armários, espaço… e tudo isto tem custos.
  2. Centralize as compras – ter menos departamentos a comprar, menos fornecedores, pode permitir negociar descontos importantes.
  3. Tenha alternativas – peça sempre preços a vários fornecedores - a concorrência (ou a sua possibilidade) quase sempre lhe assegura melhores preços.
  4. Peça ideias aos fornecedores – para manter o negócio consigo os fornecedores poderão sugerir ideias como entregas menos frequentes, que lhes reduzem os custos e lhes permitirão passar-lhe essa poupança.
  5. Reveja especificações – você pode estar usando produtos que excedem aquilo que realmente necessita – por exemplo: o seu produto poderá ser transportado em paletes em segunda-mão?
  6. Cuidado com as renovações automáticas – sempre que assinar um contrato reveja as condições de renovação e ponha no seu calendário um lembrete para um ou dois meses antes da data em que o poderá cancelar. Volte a analisar as suas necessidades e o mercado.
  7. Conteste aumentos – não aceite aumentos de preço dos seus fornecedores sem os discutir.
  8. Reduza stocks – peça aos fornecedores para os terem por si.
  9. Experimente as marcas brancas – normalmente têm a mesma qualidade com uma diferença de preço que pode chegar aos 30%.
  10. Chame um especialista – a pessoa da sua empresa que tem contato diário com os fornecedores quer (e deve) preservar as boas relações e por isso terá dificuldade em ser “dura” – um especialista externo não. Além disso, o seu pessoal desconhece o mercado que não é central ao seu setor, pois negocia cada tipo de contrato uma vez por ano ou menos e o especialista fará diariamente.

  11. Como é lógico, nem todas estas formas são apropriadas a todas as empresas. Selecione as que melhor se adequam ao seu negócio e comece hoje a poupar!

Fonte: http://www.expensereduction.eu/pt-pt/blog/10-formas-da-sua-empresa-reduzir-custos-sem-reduzir-nas-pessoas#.Vhuj0_lVhHx

Editado em: 18.10.2015