Marketing - Valor de marca. Não perca vendas em tempos de crise

Marketing - Valor de marca. Não perca vendas em tempos de crise

Marketing - Valor de marca. Não perca vendas em tempos de crise

Quando muitas empresas ou profissionais de marketing estão falando de valor de marca, Branding e outros termos do tipo, o que eles realmente querem dizer? O que é esse tal valor de marca de que tanto falam?
No artigo de hoje, vamos nos debruçar sobre essa questão e entender como esse conceito que parece “intangível” é o responsável pela saúde financeira de muitas empresas.
Continue lendo para conhecer um pouco mais sobre marca, Branding e como utilizá-los na prática nesses momentos de crise para dar um up em seu negócio!
Como o valor de marca representa um recurso em tempos de crise
Uma empresa pode contar com vários meios de gerar rendimentos e obter lucros. Sua lista de recursos conta com a sua força de trabalho, equipamentos de produção, produtos à venda e muitos outros. Porém, nenhum desses recursos consegue ser tão valioso quanto a sua marca — fundamental em um mercado tão competitivo.
Um exemplo de como o valor de marca ajuda qualquer empresa a superar a crise pode ser visto no exemplo da Apple:
A empresa fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak atravessou períodos complicados ainda no fim dos anos 1990. Porém em 2001, a empresa lançou um dos produtos que mudaria a história da tecnologia no planeta e ajudaria a ditar não só um segmento do mercado, mas a sinalizar o comportamento do consumidor que impactaria em todas as áreas de vendas.
Em outubro de 2001, menos de um mês depois do atentado terrorista de 11 de setembro, a Apple organizou o lançamento do iPod, um aparelho que permitia que o usuário ouvisse música em qualquer lugar, carregando o dispositivo no bolso. De lá para cá, a empresa inovou várias outras vezes, com o lançamento do iPhone e do iPad, por exemplo.
Porém, nesses 15 anos, várias empresas lançaram smartphones mais potentes, tablets melhorados e tocadores de música mais avançados ou úteis. Então, como a Apple ainda consegue se manter líder de mercado? Simples: Por causa do seu valor de marca!
O valor de um iPhone ou qualquer outro aparelho da Apple não carrega apenas as suas funções. Um smartphone desses não serve só para fazer ligações ou acessar a internet: seu valor está no fato de ser um iPhone, de o peso da inovação, do design e da criatividade que fazem da Apple a “Apple” e não qualquer marca.
Esse é o maior recurso que a empresa terá para sempre e a arma que faz com que ela continue sendo campeã, não importando a crise que a empresa, o país ou o mundo atravessem.
Como construir o valor de marca da sua empresa
Agora você deve estar se perguntando: como construir um valor de marca tão poderoso assim? Como chegar a esse nível?
A resposta a essa questão começa com outra pergunta: se a sua empresa deixasse o mercado hoje e simplesmente parasse de existir, alguém sentiria falta? Se a resposta for não, então está na hora de repensar o valor de sua marca.
A ideia básica da construção de um valor de marca não é “mudar o logo”, “alterar algumas cores” ou “mudar de estilo”. Essas são soluções de design. A marca é muito mais do que isso. É a maneira como as pessoas enxergam sua empresa e atribuem a ela valor. O design, assim como os patrocínios, marketing social, propaganda e afins são apenas ferramentas para moldar a imagem da sua marca.
Em resumo, para construir o valor de marca que sua empresa necessita é preciso ir além da comunicação. É necessário que seus consumidores passem a te enxergar como algo relevante a suas vidas, algo valioso assim como o diamante. Pois somente uma marca forte é capaz de se manter em pé e continuar vendendo o mesmo em tempos de crise.
Fonte:
http://pplbrands.com/blog/valor-de-marca-nao-perca-vendas-em-tempos-de-crise/
Editado em: 11.12.2016